Globo procura 'jovem talento' para substituir Galvão Bueno

Globo procura substituto de Galvão

Em sigilo, a Globo passou os últimos meses procurando um locutor esportivo de primeira linha, que se transforme um dia numa espécie de "sucessor" de Galvão Bueno.

Segundo Ooops! apurou, a Globo não quer alguém conhecido, nem mesmo alguém do rádio. O ideal, sonha a Globo Esportes, seria construir um novo nome a partir do zero, alguém de talento oculto e latente.

Na verdade, essa "caça" não significa que Galvão, 59 anos, vá se aposentar tão já. Ele só deve desligar as cordas vocais após a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Aí, sim, faria uma "primeira" despedida. Afinal, ainda terá 64 anos. Mas o ponto é que a Globo pensa tudo de forma tão estratégica e antecipada, que já procura o "novo Galvão".

Quem teria tanto carisma com a base da pirâmide de telespectadores? Quem pode substituir Galvão em empatia com as telespectadoras que nada entendem de futebol? Ninguém sabe.

No ano passado, a Globo emissora chegou a fazer uma oficina de locutores esportivos. Vários nomes foram chamados, fizeram exercícios e testes, mas ninguém foi aprovado. A preocupação então cresceu.

Hoje, na "hierarquia" de locutores, a Globo tem Cléber Machado e Luiz Roberto. Cléber também acaba de renovar contrato, após sofrer assédio pesado da Record. Ainda assim é muito pouco para a emissora, que ainda detém o monopólio das transmissões da maioria dos esportes nacionais.

Muita gente não gosta de Galvão, e pode até não acreditar, mas vai ser muito, muito difícil para a Globo substituí-lo.

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.