Policial amamenta e salva bebê abandonada na Argentina

Mãe de uma criança de cinco meses, ela disse ter agido por instinto.
Criança havia sido abandonada ao relento em Mendoza e teve hipotermia.

Uma policial argentina salvou a vida de uma bebê abandonada ao dar de mamar para a pequena neste fim de semana, segundo a imprensa local. Foi durante a Festa da Colheita na cidade de Mendoza.

A bebê abandonada estava próximo a um ponto de táxis, do lado de fora do teatro em que ocorria a festa. Ela estava nua e ainda com o cordão umbelical. A policial, que é mãe de Maira, uma criança bebê de cinco meses, deu de mamar à bebê ambandonada até a chegada ao hospital.

A criança foi chamada de Candela, em homenagem à rainha da festa.

A policial Vanessa Alejandra Farías garantiu ter agido por instinto

"A primeira coisa que perguntei era se a bebê estava viva, já que tinha nascido fazia umas duas horas no máximo. Peguei-a em meus braços e lhe dei de mamar", disse Vanessa. "No princípio, ela teve dificuldade de sugar porque estava hipotérmica e muito frágil. Tinha o cabelo úmido ainda do sangue do parto, e minha camisa ficou manchada. Eu a olhava nos olhos e só pedia que ela sobrevivesse."

Ela foi achada por um homem de 18 anos, que avisou os policiais. O resgate, ocorrido durante a madrugada de sábado para domingo, evitou que a bebê fosse atingida pela chuva iniciada logo em seguida.

Segundo os médicos, a pequena Candela está bem. Vanessa disse que gostaria de adotar a criança, mas, casada com outro policial, não tem condições econômicas para isso.

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.