Mães não sabem alimentar filhos, aponta Unifesp

Estudo mostra que 67% das crianças de 2 anos já tomaram refrigerante, 70% comeram biscoito recheado e 80% consumiram balas e chocolates.


Apesar da tamanha preocupação com a saúde dos filhos os pais ainda continuam errando na hora de alimentá-los. Um estudo feito pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mostrou que a maior parte das famílias entrevistadas o que mais os filhos comem em casa podem fazer mal. Segundo o Ministério da Saúde, não se deve comer produtos industrializados antes dos 2 anos.

Duzentos e setenta famílias foram entrevistadas pela nutricionista Maysa Toloni. A mesma descobriu que 67% das crianças nessa idade já tomaram refrigerante e 70% comeram biscoito recheado. Já 80% tinham consumido balas e chocolates e 90% dos pais adicionam açúcar ao leite ou suco de seus filhos.

A nutricionista alertou: "Isso pode ajudar a desenvolver cáries, leva à obesidade infantil. Corantes e conservantes presentes nos alimentos podem desencadear processos alérgicos e prejudicar o desenvolvimento e crescimento das crianças”. Através dessa pesquisa foi concluído que isso tudo é falta de informação.

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.