Decretada prisão temporária do goleiro Bruno e seu amigo Macarrão

Inicialmente polícia informa que Bruno não estava em seu condomínio e que buscas por ele e seu amigo continuam.

Os pedidos de prisão temporária contra goleiro Bruno e seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão (Macarrão) feitos pelo Ministério Público, foram acatados nesta quarta-feira (07) pela Justiça do Rio. Os dois estariam envolvidos no sumiço de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno.

De acordo com a assessoria de Polícia Civil de Minas Gerais, mais oito mandados foram decretados pela justiça de Minas hoje, entre eles, mais dois contra o atleta do Flamengo,  Macarrão e também da esposa de Bruno, Dayane Fernandes. Mandados de busca e apreensão de veículos também foram acatados.



Duas equipes da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro chegaram em Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste por volta de 5h desta manhã de quarta no condomínio onde mora o goleiro Bruno. Segundo informações iniciais da polícia, Bruno não estava em casa, o goleiro e seu amigo continuam sendo procurados.

Polícia deixa casa do goleiro Bruno no Rio


Eliza está desaparecida há mais de 20 dias, trinta pessoas já foram ouvidas no inquérito que investiga sumiço da ex de Bruno.

Mais informações estaremos inserindo neste post.  

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.