Exame de DNA completa 25 anos e preço está cada vez mais baixo

Há duas décadas, exame custava R$ 10 mil. Hoje, testes saem por R$ 500 parcelados.

O tão conhecido e falado na atualidade, exame de DNA, feito para constatar quem é o pai ou a mãe, há 20 anos custava R$ 10 mil, uma fortuna. Hoje já com 25 anos o teste está popularizado, vários laboratórios oferecem o exame e o preço cai cada vez mais.

Já existem laboratórios que enviam o kit para a realização do exame pelos correios, caso que para os médicos pode comprometer o resultado do teste.

O DNA é responsável pela transmissão das características hereditária de cada pessoa. Como toda criança é uma combinação dos genes dos pais, o exame compara partes do DNA do pai, da mãe e do filho (a).
Cada pedaço da amostra do DNA do filho deve conter uma molécula do pai e uma da mãe. Caso apareça uma molécula diferente o resultado do teste será negativo.

Segundo o juiz da Vara de Família, Marco Aurélio Paioletti, quando confere a probabilidade que seja o pai, é com quase 100% de certeza.

O exame é tão importante, que quando os pais não tem dinheiro não precisam pagar para fazer o teste. Um laboratório público em SP que realiza estes tipos de exames gratuitamente tem uma fila de espera durante quatro meses e para receber o resultado são mais três meses.
Quem realiza o exame em laboratórios particulares tem uma maior vantagem pela rapidez em que é entregue o resultado, e o preço vem caindo cada vez mais.

Há dua dácadas esse tipo de exame custa R$ 10 mil. Hoje saem por R$ 500 e ainda parcelados de duas vezes.

A “Pode haver troca de amostras, por isso é tão importante o pai e a mãe estarem presentes”, argumentou Mayana Zatz, diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano da USP.

Fonte: Bom Dia Brasil

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.