Pesquisa Datafolha mostra que maioria é contra lei da palmada, e você o que acha?

A lei "estabelece o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante"

Segundo a pesquisa publicada nesta segunda-feira (26) pela Folha na íntegra (disponível para assinantes do jornal e do UOL) que foi realizada pelo Datafolha, a maioria dos brasileiros já apanhou dos pais, já bateu nos filhos e é contra o projeto de lei do governo federal que proíbe a palmada.

A proposta da lei "estabelece o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante".

O número total de entrevistados somam 10.905, desses, 54% são contra o projeto de lei do presidente Lula e 36% concordam com a mudança. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

O levantamento ainda mostrou que meninos costumam apanhar mais. Aa pesquisa também revelou que as mães (69%) batem mais do que os pais (44%). 72% do total, disseram ter sofrido castigo físico, 16% afirmaram que isso acontecia sempre.

E você, é contra ou a favor desta lei? Dê sua opinião! 

A Bíblia Sagrada é bem clara sobre correção na passagem:
"Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá." Provérbios 23:13

Veja a reportagem completa na Folha desta segunda-feira, que está nas bancas!

Fonte: Bol

Mikael Fernandes

Escritor e administrador no blog, técnico em Redes de Computadores. Tem uma grande afeição por tecnologia e gosta de compartilhar notícias e informações relevantes.